Por Matheus Zardini

O estresse está presente no dia a dia, principalmente na vida acadêmica. Este levantamento foi feito pelos alunos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. O estudo constatou a prevalência dos sintomas de estresse nos estudantes de graduação. Dos 635 estudantes ouvidos, 50% estavam na fase de resistências predominantes aos sintomas do estresse. Dessa forma, a maneira de o docente conduzir a aula tem relação direta com a saúde dos alunos.

Há diversas formas de os trabalhos em sala de aula serem apresentados durante a vida acadêmica. Entre eles, o vídeo, que foi a maneira que a professora e doutora Rose Vidal encontrou para que os alunos visualizem melhor o conteúdo. “Fazendo e transformando isso em imagens, depoimentos e em vídeos, fica muito mais fácil para eles aprenderem e estudarem os conteúdos que são passados na sala de aula”, disse.

Dentre as matérias que Rose Vidal leciona está a “cultura das mídias” que, neste primeiro semestre de 2018, passa aos alunos a tarefa de produzir um vídeo sobre a Modernidade Liquida de Zygmunt Bauman e a Hipermodernidade em Gille Lipovetsky. “As minhas duas turmas obtiveram resultados excepcionais que foram além do esperado”, contou.

Após sentir o desespero de alguns integrantes do grupo que tinham desistido de realizar o vídeo, os estudantes de jornalismo Cleiton Rodrigues e Gabrielle Cristina se empenharam em fazer em um dia o que deveria ter sido concluído em algumas semanas. “Tive algumas ideias e coloquei essas ideias no papel em forma de música. Apresentei a composição para a Gabrielle e ela topou usá-la no trabalho. O resto foi fluindo aos poucos”, explicou Cleiton.

Com uma abordagem diferente, o aluno de publicidade Renan Mendes e os integrantes do seu grupo pensaram em representar os conceitos de Bauman e Lipovetsky usando um personagem da série “La casa de Papel”. Eles ficaram muito satisfeitos com o resultado do trabalho. “Ultrapassou a expectativa, fizemos algo bem básico mas a sala toda gostou, a professora elogiou muito a apresentação. O vídeo, apesar de ser apenas uma cena-paródia de La Casa de Papel, foi autoexplicativo e passou o conteúdo de forma clara”, informou.

Confira alguns dos trabalhos exibidos pelos alunos de jornalismo e publicidade:

 

ATÉ ONDE VOCÊ CHEGARÁ PARA VIVER DA SUA IMAGEM?

GRUPO: Renan Mendes, Camila Souza, Thaina Costa e Polyana Silva

 

 

TEMPOS ATUAIS POR BAUMAN E LIPOVETSKY

Grupo: Cleiton Rodrigues e Gabrielle Cristina

 

 

MODERNIDADE LÍQUIDA

Grupo: Talls, Solange e Allefy

 

 

CULTURA DAS MÍDIAS

Grupo: Herika Godoy, Jaqueline Huver, Jordan Andrade, Marlon Max e Pâmella Mayra

 

Grupo: Bethânia Ramos, Emanuelly Costa, Ingryd Castoldi, Julia Mufalani e Michaela Dafne.

 

SOCIEDADE MODERNA

Grupo: Thiago Nielsen, Jéssica Souza, Ingrid Rocha, Larissa Simoes, Karolina Lima e Brenda Rangel.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here