Por Renatto Manga

Sócio de Carteirinha

O multiartista foi o primeiro convidado do Projeto Sócio de Carteirinha do Clube Big Beatles, que ocorre há uma década ininterruptamente

 

Foto: Matheus Soares
Leo Jaime no palco com o Clube Big Beatles no Projeto Sócio de Carteirinha que completa 10 anos
 

 

As comemorações dos 10 anos do Projeto Sócio de Carteirinha não param. A primeira etapa contou com homenagem aos 50 anos do “Álbum branco” com participação de Bruno Gouvea e Carlos Coelho. Em abril, cumprindo a segunda etapa, o quinteto capixaba do Clube Big Beatles recebeu Andreas Kisser, guitarrista da aclamada banda de heavy metal “Sepultura” e seu filho Yohan.

No último dia 17 de maio, Leo Jaime desembarcou no Estado do Espírito Santo exclusivamente para participar do projeto pra o qual foi o artista convidado há uma década. A respeito do marco, Leo Jaime comentou: “É bem legal saber que um trabalho desses, de levar boa música e homenagear os mestres, acabou por ser tão bem-sucedido.”

A noite iniciou com “Dear Prudence”, canção de 1968 na voz do “caçula” do Clube Big Beatles, Márcio Yguer (baixo e vocal). Outro que sempre se destaca com seu desempenho na bateria e vocal é Guto Ferraz, que desta vez mandou nas canções “While My Guitar Gently Weeps”, “Don’t Let Me Down” e “Back in the U.S.S.R.”

Foto: Matheus Soares
Flávia Mendonça no palco do Projeto Sócio de Carteirinha cantando “The Fool on the Hill”

 

Em comemoração aos 10 anos do projeto, a banda Clube Big Beatles vem recebendo nomes que, de alguma forma fazem parte da história do projeto. No último mês, Danilo Martins, que movimenta a direção comercial da banda, convidado da segunda etapa, ganhou a oportunidade de cantar “Ticket to Ride”.

Já na noite do último dia 17 de maio, o Clube Big Beatles utilizou o mês das mães para convidar Flávia Mendonça, mãe do pequeno Ian e esposa do guitarrista da banda, Junior Curcio, para representar todas as “Yokos” (esposas e mães) dos integrantes da banda. Na oportunidade, Flávia cantou “The Fool on the Hill” e compartilhou com a Rede Interferência a honra do convite: “Foi um prazer imenso unido a uma grande responsabilidade. Além de estar ali no palco como cantora, eu estava representando as esposas e familiares. Foi um convite que me deixou emocionada já que nunca imaginei que estaria exercendo esse papel, essa função. Fiquei um pouco nervosa, confesso! Fiquei feliz com o convite, que mostra, além do carinho e o respeito, uma credibilidade na minha carreira. Cantei uma canção que faz parte da minha história com os meninos e meu marido, pela primeira vez num palco. Espero que tenha sido um marco nos 10 anos da história do Projeto Sócio de Carteirinha, pois certamente foi na minha.”

 

Foto: Matheus Soares
Arthur Lepaus e seus pais com Leo Jaime após o show que, certamente, será memorável para o pequeno

 

Outro momento que marcou a noite foi o instante em que Edu Henning surpreendeu e atendeu ao pedido do pequeno Arthur Lepaus, de apenas 4 anos e fã dos Beatles, que através das redes sociais solicitou ao líder do Clube Big Beatles a canção “Blackbird”, ativando o fofurômetro da plateia que lotou todos os setores do Teatro Universitário.

 

Foto: renattomanga.com

Leo Jaime, após uma década, de volta ao palco do Projeto Scio de Carteirinha do Clube Big Beatles

 

Após um discurso de agradecimento de Edu Henning a Leo Jaime, não só por sua presença, mas também por acreditar que o Projeto Sócio de Carteirinha pudesse ser um sucesso e tornar-se o primeiro artista nacional a subir no palco com a banda, o multiartista ganhou o tablado do Teatro Universitário ovacionado pelo público presente.

Com “My Love”, Leo Jaime abriu os trabalhos da noite. Seguiu interpretando “Yesterday”, canção mais tocada em rádios de toda a história; somente nos Estados Unidos contou com mais de seis milhões de emissões. Antes de “Imagine”, ponto alto da noite, Dom João VI (personagem de Leo Jaime na novela Novo Mundo) encantou o público com “Stand By Me” e “Get Back”.

Confira o vídeo

Em meio a “Hey Jude” e “And I Love Her”, Leo Jaime compartilhou que nos anos 80 foi convidado para assumir o vocal da nascente banda Barão Vermelho; porém já contava com trabalhos ativos, o que levou o músico a negar o convite. No entanto, não hesitou em indicar o amigo Cazuza para o cargo que o consagrou midiaticamente.

Leo Jaime finalizou a noite com o clássico “Something”, composição de George Harrison lançada no álbum “Abbey Road” em 1969.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here